segunda-feira, 20 de julho de 2015

Almas Machucadas


          A solidão dos meus pensamentos me assustam, mais uma vez o céu está cinzento e meus olhos devaneados. Estive pensando muito na vergonha que sinto do mundo em que vivo, onde a solidariedade é deixada de lado porque as pessoas aprenderam a ver somente a sua própria tristeza, a não pensar que os outros possuem dores internas, machucados que todos os amanheceres latejam e que tendem a piorar toda vez que alguém se aproxima e esquece que todos tem uma alma, e acaba pisando em cima da sua ferida.
          Temos semelhanças, sorrimos quando nossa vida parece não ter mais sentido, choramos baixinho a noite, ficamos sozinhos no quarto fitando a parede, temos nossos dias de fraqueza e nossos dias de vitória por conseguir escondê-la, e de alguma forma ninguém percebe isso, que não é um sorriso que identifica como está a mente de uma pessoa, que pedir como alguém está, dar bom dia ao invés de fingir que não viu, pode trazer alguma paz interior para alguém machucado.
          Sinto pena do mundo por ficar na sua vidinha fútil, somente olhando para seu ego, na sua tentativa de superioridade enquanto finge para si mesmo que é feliz.
          Lembre-se daquele sorriso que recebeu outro dia de alguém que ao menos conhecia, pense que deve ter vindo de alguém machucado que compreende que a vida é igual para todos, que todos compartilhamos do mesmo céu cinzento. Lembre-se de todos os atos solidários que recebeu de pessoas que por recompensa, só receberam de volta a sua cara de pergunta por ter sorrido pra você.
          Mas quer saber? Enquanto for mais importante ser amado do que amar, receber do que fazer, o mundo será esta decadência que é hoje. Pessoas se perdendo em sua solidão, sendo bombardeadas por julgamentos.
          Todos nós nascemos do mesmo jeito e enfrentamos os mesmos problemas, a diferença é quem escolhemos ser. Você pode ser igual a aquelas pessoas que fala mal, pode vagar sobre a terra e olhar só para o que tiver interesse e ignorar tudo que vem até você, ou você pode ter sentido, pode olhar para os lados e perceber que todos tem uma alma e que são facilmente machucados por palavras, por gestos de grosseria e ignorância e que pode melhorar a vida de alguém apenas com um olhar diferente. 
          Você se torna aquilo que decide ser.
                                                                                     
Autoria: Jéssica Zanetti - Estudante da turma 301.
 . 


2 comentários: